Monumento do Jardim Público: Estátua Diana – A Caçadora

0
944

O lago da deusa Diana, em frente ao palco dos seresteiros passou por grandes mudanças após a reforma. A estátua estava no centro de uma piscina azulejada com sérios problemas de infiltração e que, por isso, há anos não recebia mais água.

A estátua da deusa Diana de bronze, foi furtada no início do ano de 2016 já que após a retirada da pintura branca ela se mostrava sendo de bronze, no mesmo período também foi furtado o busto de Ulysses Guimarães na Praça da Liberdade e, também em seguida, a estátua do índio no Jardim Público foi depredada. Os três monumentos, considerados elementos importantes na história de Rio Claro, foram repostos em trabalho da prefeitura.

A piscina foi substituída por um cenário que simula um lago natural, com entorno em pedras e utilização de plantas aquáticas, acrescentando a estátua de Diana, que antes estava sobre um pedestal dentro da piscina foi colocada sobre a simulação de um rochedo de onde cairá uma cascata d’água.

No dia 09/06/2020 a Prefeitura de Rio Claro entregou a recuperação de um dos cartões-postais da cidade. A estátua da Diana, que foi quebrada em ato de vandalismo, passou por restauro e foi devolvida ao seu local original no Recanto da Seresta, próximo ao coreto.

A obra original da Diana Caçadora, feita em bronze, foi instalada no Jardim Público em 1961 e furtada em 2016. A nova estátua é de mármore e teve a cabeça arrancada em ato de vandalismo, sendo restaurada pela Marmoraria Barsotti como colaboração ao município.

A NOVA DIANA – O novo monumento da Diana, é diferente da original, é maior que a anterior: tem 1,40 m de altura, 171 kg, base de 35×32 cm e é feito em argamassa armada, com visual de mármore. 

Referências bibliográficas: https://imprensa.rioclaro.sp.gov.br/?p=59426

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui